19 de Dezembro de 2018

Obesidade, Cápsual Endoscópica e Cirurgia do Aparelho Digestivo

Preparação para cirurgia

Avaliação clínica

O paciente deverá passar em consulta e após criteriosa avaliação será encaminhado para iniciar as etapas do programa para a cirurgia de obesidade, que constará de diversos exames laboratoriais de acordo com o seu perfil bioquímico e hormonal, além de avaliação cardiológica ( Rx-tórax, ECG,ECO, Esteira), endoscopia digestiva alta , radiografia de tórax, ultra-sonografia do abdome, prova de função pulmonar, densitometria óssea, avaliação nutricional, avaliação psicológica e avaliação fisioterápica e participação em palestra.

Diversos especialistas poderão ser acionados na dependência da existência de doenças associadas, como Angiologistas, Endocrinologistas, Pneumologistas, Ortopedistas, Psiquiatras, Cardiologistas etc.

Avaliação nutricional

Faz parte do programa multidisciplinar pré-operatório em que na consulta individual, o paciente será avaliado quanto ao estado nutricional, hábitos alimentares (freqüência alimentar, tempo de mastigação, tempo de duração das refeições, qualidade e quantidade de alimentos), para que o paciente se sinta mais seguro quanto à quantidade necessária para o estômago neo formado, evitando assim desconfortos nos pós-operatórios, como episódios de vômitos. Receberá também em consulta nutricional, toda orientação para sua alimentação pré e pós-cirúrgica.

Avaliação Psicológica

A avaliação e preparo psicológico é de fundamental importância no tratamento da obesidade sendo indispensável tanto no pré quanto no pós-operatório.

Em se tratando de pacientes obesos mórbidos, podemos afirmar que a imensa maioria dos que chegam à Cirurgia Bariátrica traz alterações emocionais. Essas dificuldades de natureza psicológica podem estar presentes entre os fatores determinantes da obesidade.

O acompanhamento psicológico irá ajudar a traçar metas realistas quanto a perda de peso e a imagem futura, e auxiliar na reintegração do indivíduo com o meio em que vive e consigo mesmo.

Muitos pacientes resistem ao atendimento psicológico na etapa pré-cirúrgica, alegando não ter necessidade, pois já estão decididos: querem submeter-se à cirurgia da obesidade. O atendimento psicológico não visa convencer ninguém a fazer a cirurgia de obesidade e sim preparar essa pessoa, para que possa passar pelo processo cirúrgico e, conseqüentemente, de emagrecimento, de forma saudável e tranqüila.

Exercícios

Começar um programa de exercícios pode ser assustador especialmente para alguém que sofre de obesidade mórbida. Sua condição de saúde pode tornar quase impossível qualquer nível de esforço físico. De qualquer modo, os benefícios do exercício são claros, e há muitas maneiras pelas quais começar.

Em geral, caminhar é uma das melhores formas de exercício. Começar lentamente e ir aumentando. Seu médico, ou pessoas em um grupo de apoio, pode dar incentivo e aconselhamento. Incorporar o exercício em suas atividades diárias melhorará suas condições gerais de saúde e é importante para qualquer programa de tratamento de peso de longo prazo, incluindo a cirurgia para perda de peso. Dieta e exercício correspondem ao papel principal da perda de peso bem-sucedida, após a cirurgia.

Considerações Importantes

• Esses procedimentos para perda de peso não devem de maneira nenhuma ser considerados como uma cirurgia estética;

• A decisão de escolher o tratamento cirúrgico exige uma avaliação dos riscos e benefícios para o paciente;

• O sucesso da cirurgia bariátrica depende das mudanças de estilo de vida a longo prazo, que incluem alimentação, controle psicológico e exercícios;

Consentimento Informado

A utilização do Consentimento Informado no pré-operatório de cirurgias bariátricas é obrigatória.

Copyright© 2012 - Todos os direitos reservados - Melhor visualização em 1024 X 768

Instituto de Laparoscopia & Robótica
Rua Dona Adma Jafet, 74 Conjunto 77
Cep 01308-050, São Paulo - SP
Email: instituto@laparoscopia-robotica.com.br

Tel: +55 (11) 2729-5155 / Fax + 55 (11) 2729-9155