14 de Dezembro de 2019

Vídeo

Notícia publicada neste site em: 22/07/2012 às 11:57:26

Ressecção laparoscópica de endometriose pélvica com neuropreservação

A cirurgia de maior complexidade para o ginecologista é aquela para a pelve "congelada" por endometriose.

Este é o caso de uma paciente de 30 anos com dor pélvica e infertilidade secundária. Demonstramos a técnica cirúrgica com o uso da energia monopolar como principal fonte de energia. Os principais nervos viscerais são identificados e preservados. Demonstramos a ureterólise pélvica completa, a ooforopexia temporária e a ressecção "en bloc" das lesões endometrióticas.

Não houve qualquer disfunção neurológica ou outra complicação. A paciente teve uma gestação pós FIV, 7 meses após a cirurgia.

Vídeo apresentado no 11º Congresso Brasileiro de Videocirurgia (2012) da SOBRACIL (Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica), no Rio de Janeiro, e no 41st Global Congress of Minimally Invasive Gynecology (2012) da AAGL (American Association of Gynecologic Laparoscopists), em Las Vegas.

Áudio em inglês.


[ Voltar ]

Copyright© 2012 - Todos os direitos reservados - Melhor visualização em 1024 X 768

Instituto de Laparoscopia & Robótica
Rua Dona Adma Jafet, 74 Conjunto 77
Cep 01308-050, São Paulo - SP
Email: instituto@laparoscopia-robotica.com.br

Tel: +55 (11) 2729-5155 / Fax + 55 (11) 2729-9155